Seja bem-vindo ao nosso website !

- Validade da Passagem

A passagem com data e horário marcado, que não tiver sido utilizada, terá validade de 01 ano, somente se a agência houver sido comunicada ou a passagem transferida, com no mínimo 03 horas de antecedência do horário previsto para embarque.

- Embarque

É importante chegar com 30 (trinta) minutos de antecedência, para a compra da passagem.
Se for possível, compre-a com antecedência para ter a garantia de que poderá viajar na data e horários desejados sem transtornos, principalmente em vésperas de feriados.

- Embarque com crianças

Crianças com até 12 (doze) anos somente poderão viajar acompanhadas pelos pais, avós ou irmãos maiores de 21 anos desde que apresentem documentação, ou sozinhas com a autorização do Juizado.

- Bagagem

Cada bilhete de passagem dá o direito à acomodação de duas malas no bagageiro e mais uma valise no porta pacotes, sendo intransferível o direito à acomodação do número de bagagens.
É muito importante também, ficar atento na hora da colocação da sua bagagem, pois todas devem ser etiquetadas, ficando com o cliente o canhoto do ticket, devendo ser apresentado no desembarque para a retirada da mesma.
Obs.: Entende-se por bagagem, todo e qualquer objeto de natureza pessoal, desta forma, para o transporte de objetos de outra natureza, procure o Setor de Encomendas da empresa.

- Desembarque

O cliente deverá aguardar a total parada do ônibus, verificar seus pertences de mão e desembarque de forma tranqüila.
Se tiver bagagem no bagageiro, o cliente deve apresentar o canhoto do ticket, verificar se está tudo em ordem e retirar a mesmas.
É preciso tomar muito cuidado nas rodoviárias, não devendo nunca aceitar ajuda de estranhos. Para maiores informações e esclarecimentos de dúvidas, procure o balcão de informações ou a nossa agência no local.

- Passagem de retorno

A compra antecipada do bilhete de retorno permite ao cliente viajar na data e horário desejados, proporcionando assim, maior conforto e tranqüilidade.

- Transporte de animais

CONFORME PORTARIA ARTESP Nº 15, DE 13 AGOSTO DE 2012

Dispõe sobre o transporte de animais domésticos no Serviço Rodoviário Intermunicipal de Transporte Coletivo de Passageiros.


A DIRETORA GERAL DA AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS PÚBLICOS DELEGADOS DE TRANSPORTE DO ESTADO DE SÃO PAULO - ARTESP, em conformidade com as atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 1º das Disposições Transitórias da lei Complementar estadual nº. 914, de 14 de janeiro de 2002, combinado com o artigo 7º, inciso VIII do Decreto Estadual 29.913/89, de 12 de maio de 1989, resolve:

Art. 1º. É impedido o transporte de animal que por sua espécie, tamanho, ferocidade, peçonha ou saúde, comprometa o conforto e a segurança do veículo, de seus ocupantes ou de terceiros.

Art. 2º. O transporte de animal doméstico vivo, de pequeno porte, será permitido se forem atendidas as seguintes condições:

I. Seja apresentado pelo passageiro atestado sanitário que atenda a Resolução nº 844, de 20 de setembro de 2006, ou outra disposição que venha a substituí-la do Conselho Federal de Medicina Veterinária, e que tenha sido emitido em no máximo 03 (três) dias antes da viagem, por médico veterinário devidamente registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária da Unidade Federativa de origem do animal, comprovando a sua saúde e o atendimento às medidas sanitárias definidas pelo serviço veterinário oficial e pelos órgãos de saúde pública, com destaque para a comprovação de imunização anti-rábica.

II. Que o animal possua no máximo 08 kg (quilogramas) e esteja acondicionado em recipiente apropriado para transporte, isento de dejetos, água e alimentos e que garanta a sua segurança, higiene e conforto sem prejuízo da segurança, conforto e tranquilidade dos passageiros.

Durante o trajeto, nos pontos de parada, se necessário, o responsável pelo animal deve providenciar a higienização do recipiente.

III. O recipiente para o acondicionamento do animal deverá ser contêiner de fibra de vidro ou material similar resistente, sem saliências ou protuberâncias, à prova de vazamentos, de tamanho máximo 41x36x33 cm (centímetros) (CxLxA), e deverá ser transportado no habitáculo do veículo, obrigatoriamente no assento ao lado de seu proprietário, não cabendo ao transportador, qualquer responsabilidade a que não der causa, pela integridade física do animal no período do transporte.

IV. Que o carregamento e descarregamento do animal doméstico sejam realizados sem prejudicar a comodidade e a segurança dos passageiros e de terceiros, e sem acarretar alteração no cumprimento do quadro de regime de funcionamento da linha.

V. Que, para o transporte de aves domésticas e, animais e aves silvestres da fauna brasileira ou exótica, seja apresentada autorização de trânsito do IBAMA, nos termos da lei.

VI. A critério do proprietário, o animal poderá ser sedado para a viagem, desde que sob supervisão de médico veterinário, sem qualquer responsabilidade do transportador.

Art. 3º. Será cobrada a tarifa regular da linha pelo assento utilizado para o transporte do animal.

Art. 4º. Fica limitado a 02 (dois) animais a serem transportados a bordo do veículo por viagem.

Art. 5º. - Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, ressalvadas a observância às demais legislações que regem a matéria, que com esta não conflitem, revogando-se a Portaria ARTESP 16, de 23 de março de 2011.

 



Todos direitos reservados - 1986 / 2013 Viação Vale do Tietê Ltda.

Rodovia da Convenção, Km01 - Bairro da Liberdade - ITU/SP - CEP:13301-101 - Tel.: (11) 4023-0888